por -

Recentemente em um encontro com meu grupo de Mastermind, entre vários assuntos discutidos, falamos sobre a mulher no mundo do empreendedorismo.

O fato é que o número de empreendedoras no Brasil cresceu em 21% nos últimos 10 anos, segundo uma pesquisa realizada pela revista EXAME. Apesar do número de empreendedoras estar crescendo no Brasil ainda existem poucas mulheres empreendendo frente ao potencial que elas têm (o maior lançamento do mundo já realizado que eu conheço, foi feito por uma mulher).

Nesse episódio eu divido com você o que de melhor saiu dessa conversa, as barreiras que você (mulher) precisa enfrentar e o que você pode usar a seu favor para se tornar mais uma empreendedora de sucesso.

Uma visão assexuada

Eu tenho uma facilidade que me ajuda muito, pois eu sempre consegui separar bem minha vida pessoal da profissional. Além disso, eu também tenho uma visão assexuada sobre homens e mulheres no ambiente corporativo.

Meu foco nos resultados é tão grande que eu cobro de maneira igual homens e mulheres, sendo que isso acontece também quando eu trabalho com minha família, pois cobro resultados de todos, independentemente do grau de afinidade.

E cada vez mais o mercado precisa adotar essa postura, para que possamos competir de igual para igual em todos os aspectos.

Estudos de caso atraíram mais mulheres para o empreendedorismo

Antigamente havia muito preconceito com mulheres empreendendo, porém aos poucos isso está caindo, pois cada vez mais elas estão alcançando sucesso e atraindo mais mulheres para o mercado. Como por exemplo o sucesso estrondoso da Luiza, do Magazine Luiza, que inspirou e inspira mulheres todos os dias.

O mais legal é que esse fator não aconteceu exclusivamente no empreendedorismo feminino, isso também aconteceu em outros mercados, como nos lançamentos para produtos físicos, coaching, entre outros.

Eu acredito que em breve uma mulher será a maior empreendedora digital do Brasil

As características entre um sexo e outro são extremamente mutáveis, sendo que cada pessoa possui a sua. Por exemplo, existem homens sensíveis, como também existem mulheres firmes e robustas.

Portanto eu acredito que em breve teremos cada vez mais mulheres liderando mercados, quiçá figurando como a maior empreendedora digital do Brasil!

Muitas mulheres tem a dúvida de que “um mundo machista ainda é uma barreira para empreender?”. Eu acredito que o segredo do sucesso está em usar isso como combustível, buscando com mais intensidade a performance e os resultados.

Eu por exemplo, aprendi a empreender independentemente da adversidade. Quando voltei dos EUA para o Brasil, aqui não existia e-mail marketing e eu fiz acontecer, buscando sempre os meus resultados. As dificuldades moldaram o meu profissionalismo e fizeram os meus resultados aumentarem, e as mulheres que entenderem o machismo assim com certeza percorrerão o caminho da vitória.

Por isso eu digo, a maior barreira é você mesma, por isso acredite! Se uma mulher conseguiu, você também consegue! E para ajudar você nessa missão leia nosso e-book gratuitamente, baixe cadastrando o seu e-mail e descubra O Guia Para Conseguir Uma Oferta Irresistível.

 

banner (1).png