por -

Você já parou para pensar o que diferencia as pessoas que chegam a um resultado e mantém ele (ou sobem), das outras que atingem resultados, porém, logo caem? Acredito que, na maioria das vezes, isso acontece por um motivo, chamado síndrome da aranha do Marista.

Não sabe o que é isso? Não se preocupe, a seguir você vai descobrir tudo que precisa saber sobre essa síndrome e vai ver também como garantir que seu negócio cresça (ou continue crescendo). Confira!

Afinal, o que é a síndrome da aranha do Marista?

Talvez você não saiba, mas estudei em uma escola chamada Marista, em Brasília. Lá tínhamos uma aranha enorme, daquelas que você pensa que morde, mas que não faz nada. Acontece que, um dia, ela simplesmente não acordou, morreu!

Curioso, perguntei para o meu professor de biologia porque a aranha tinha morrido, e a resposta que obtive foi a seguinte: deram muita mosca para ela comer. Novamente, questionei o fato, afinal, esse animal gosta de inseto, não gosta? Sim, gosta!

Porém, no ambiente selvagem a aranha não está acostumada com a fartura de moscas. Com isso, quando os alunos tentaram fazer o bem para ela, dando muita alimentação, a aranha passou mal e morreu. É exatamente isso que acontece com alguns negócios.

Período de escassez

Quando o empreendedor está no zero, ele sofre uma forte escassez, por um período muito grande, de oportunidades. Mas, de repente, dá certo. E quando isso acontece, ele é elevado a um nível de autoridade no mercado.

Porém, com isso, começa a chover oportunidades e o empreendedor destreinado, que não sabe da síndrome da aranha do Marista, começa a comer todas as moscas, começa a fazer tudo! Já sabe o que acontece, não sabe?

Ao fazer tudo, se perde o foco, se perde a competência em uma determinada área e, geralmente, se chega ao fim, à falência.

Aprenda a ter um comportamento diferenciado

Para não seguir esse caminho, a grande sacada, que faz com que os grandes recordistas conquistem sempre mais e mais sucesso, é ter um comportamento diferente. Isto é: saber falar não, saber intensificar as ações que funcionaram e saber ter destreza para ser seletivo.

Em um exemplo simples, é não ser aquele cara que vai para uma churrascaria, não para de comer e só deixa o local ao passar mal. Portanto, ter um comportamento diferenciado é conhecer a síndrome da aranha do Marista e aprender a recusar propostas.

Tenha o poder da intensidade

Junto com o comportamento diferenciado, note que eu citei também a intensificação, ou melhor, o poder de intensificar as ações que funcionam. É isso, meu caro, que ajuda o empreendedor a tirar o ruído de tudo aquilo que vai “tentar” a atenção de quem está à frente de um negócio.

Vale dizer que, essa sacada é importante para levar um empreendimento para o próximo nível, mas também para diversas áreas da vida.

Acredite: foi a intensidade que me trouxe onde estou hoje e, provavelmente, foi a intensidade que trouxe muitos grandes players do mercado para onde eles estão agora.

E então? Acha que a síndrome da aranha do Marista vai ajudar o seu negócio a crescer? Deixe a sua opinião nos comentários abaixo e veja outras sacadas importantes na aba “vídeos”!

[E-BOOK] GUIA DEFINITIVO DO MARKETING DIGITAL

Descubra aqui Como Usar a Internet para Alavancar suas Vendas ou Criar um Negócio Digital 100% do Zero

Insira seu email e receba o ebook: