por -

Um dia eu estava andando com um grande amigo meu, o famoso Ladeirinha, que me falou o seguinte: "Erico, você tem que fazer um vídeo explicando os principais termos do empreendedorismo digital, porque tem gente que entra no seu canal e não entende nada do que você está dizendo".

O fato é que quando comecei, alguns termos do empreendedorismo digital pareciam pra mim até termos religiosos.

Por isso eu gravei esse vídeo pra compartilhar com você o conceito de alguns termos e jargões muito usados por empreendedores digitais que vão te ajudar a entender ainda mais sobre esse mundo.  Será que tem algum que você não conhece ainda?

Vamos ao glossário Básico de Marketing Digital

Autoresponder: é basicamente um software usado para mandar mensagens automáticas para diversas pessoas por e-mail. Por exemplo, quando você cadastra seu e-mail para adquirir um e-book, provavelmente você recebe uma mensagem na sua caixa de entrada “olá, aqui está o seu e-book”. Entendeu?

A grande sacada é que no empreendedorismo convencional os relacionamentos são feitos arcaicamente, de um para um, pessoa por pessoa. E com o autoresponder você consegue personalizar mensagens e tornar seu relacionamento escalável e automático, feitas para várias pessoas.

Broadcast: esse é o termo utilizado quando você envia uma mensagem para todos os seus contatos (ou grande parte deles). Sendo que, ao contrário do autoresponder, você não fez isso de forma automática, apenas anunciou para todos a sua comunicação. Ficou claro?

O que é um avatar?

Ninguém consegue agradar a todos, isso é impossível! Por isso, antes de comunicar sua mensagem para muitas pessoas (como nos dois casos citados acima), você precisa definir um público-alvo.

Criar esse personagem para sua comunicação é criar um avatar, ou seja, uma imagem virtual da pessoa que você quer atingir. Por exemplo, imagine um vendedor de carnes tentando convencer a todos (inclusive vegetarianos), isso não daria certo, não é?

Por isso devemos criar uma imagem com idade, sexo, profissão, grau de instrução, localidade e o que mais você achar relevante para sua comunicação.

Lead: tratando-se de empreendedorismo digital podemos segmentar as pessoas em clientes (pessoas que já compraram de você) e leads (pessoas que pretendem comprar de você).

Mas para estabelecer uma pessoa como lead você deve conquistar ela, conseguindo alguma informação de contato para possíveis negociações, seja por e-mail, telefone, rede social, etc.

Uma grande sacada para efetuar muitas vendas para os seus leads é deixar de lado o marketing tradicional de um passo, o famoso compre aqui! E comece a usar o marketing de três passos, em que você atrai pessoas com valor, cria relacionamento e, somente ao final, tenta converter a venda. Entendeu?

Landing page: ao pé da letra ela é uma página de aterrissagem, ou seja, uma parte do seu site onde o foco é que o visitante realize uma conversão. Essa conversão pode ser uma compra, cadastro, download, interação, entre muitas outras ações.

Para criar landing pages existem empresas especializadas que automatizam todo o processo e facilitam seu trabalho, como a que eu sou dono, a Klickpages.

Conversão: é basicamente quando alguém realiza uma ação, indo do ponto A para o B, é quando uma não lead se torna lead ou uma lead se torna cliente. Entendeu o processo?

Copy: a primeira vez em que eu ouvi o jargão copy eu achei que se tratava de uma cópia. Mas não, copy vem de um termo inglês chamado copywriting, que se resume na arte de elaborar textos excelentes, que podem ser adaptados para diversas plataformas e formas de comunicação, com objetivo de persuadir alguém a uma ação.

Gostou do artigo? Você não conhecia alguns desses termos? Deixe nos comentários. Aproveite e se inscreva no meu canal do Youtube e fique por dentro de outros termos e sacadas sobre marketing digital!

banner (1).png