por -

Quais são as vantagens do tráfego pago?

Durante o último encontro que fiz com a minha audiência nós entramos nesse assunto, e o fato é que eu acredito muito nesse tipo de tráfego, pois além de controle, te dá algumas vantagens importantes que o tráfego orgânico não dá.

Nesse vídeo eu conto quais são essas vantagens e como explorar a maior delas, que tem o potencial de melhorar os resultados de suas campanhas.

Tráfego pago = controle, tráfego orgânico = bônus

Durante o encontro com os meus seguidores um dos convidados me perguntou qual é a mídia social mais poderosa do momento. Eu prontamente respondi Facebook!

Além disso, também me perguntaram sobre a influência do tráfego orgânico versus o tráfego pago na rede. Eu venho de uma escola do tráfego pago, por isso acredito e comprovo que esse tipo de investimento permite um controle total do crescimento da marca.

Por exemplo, em uma campanha no Facebook é possível pagar no regime CPC (Custo Por Clique), já no tráfego orgânico eu não tenho nenhum controle do número de cliques. Entendeu?

Os dois são extremamente importantes para o seu negócio, contudo você não pode depender apenas do tráfego orgânico para crescer, ele deve ser uma espécie de bônus no resultado do seu negócio.

Principal vantagem do Facebook Ads: o poder da segmentação

O alcance do tráfego orgânico depende puramente dos algoritmos do Facebook, sendo que você corre o risco do seu conteúdo atingir pessoas que não fazem parte do seu público-alvo.

Em contrapartida uma das principais vantagens do tráfego pago é a possibilidade de segmentar os seus anúncios de forma extremamente assertiva, garantindo bons resultados.

Por exemplo, você pode escolher parâmetros para o seu anúncio entre: estado civil, localidade, idade, interesses, sexo, escolaridade, etc.

Outra demonstração de poder do tráfego pago no Facebook é a ferramenta Look a Like. Desde o momento em que você cria uma audiência na rede, é possível atrair pessoas semelhantes para os seus anúncios, de forma totalmente interativa, alterando os públicos-alvo automaticamente, de acordo com sua audiência. Incrível, não é?

E os vídeos no Facebook?

Outra pergunta muito interessante do encontro foi “faz sentido postar vídeos direto no Facebook?”. Sim, faz muito sentido, mas eu também utilizo uma outra estratégia para atingir e mapear mais pessoas.

Eu incorporo o vídeo no meu site e posto o link no Facebook, assim, através dos cookies, eu consigo identificar os visitantes e segmentar anúncios para eles, entendeu?

Resumindo, eu prefiro o tráfego pago do que o tráfego orgânico. Gostou do artigo? Inscreva-se no meu Canal do Youtube e acompanhe outras sacadas e dicas como essa!

 

banner (1).png

[E-BOOK] GUIA DEFINITIVO DO MARKETING DIGITAL

Descubra aqui Como Usar a Internet para Alavancar suas Vendas ou Criar um Negócio Digital 100% do Zero

Insira seu email e receba o ebook: