por -

Você já sentiu que a sua história alguma vez não conectava com o seu cliente da maneira que você gostaria? Existe uma série de fatores que garantem o sucesso de uma história e a cada dia que passa eu descubro mais e mais fontes que me ajudam. A minha grande surpresa foi saber que alguém que viveu no ano 330 a. C. poderia somar (e muito!) no meu negócio.

Nesse vídeo vou te dar uma dica que pode mudar a forma como você costumar construir uma história e também te ajudar a escrever scripts que despertem o interesse das pessoas. Confira!

Aristóteles

No livro Poética, Aristóteles conta uma regra relacionada a construir uma história: as pessoas tendem a se desligar quando você diz algo improvável, mas possível. Em contrapartida, elas preferem ouvir algo provável, mas impossível.

Mas, Erico, o que é algo impossível, mas provável? Bom, vou dar um exemplo. Você lembra daquela cena do filme E.T. – O Extraterrestre, na qual o alienígena chama por sua casa? Então, o ET é algo impossível, mas, caso ele existisse e estivesse na Terra, seria provável que ele chamasse por seu planeta. Esse tipo de história, portanto, chama a atenção das pessoas.

Agora vou te exemplificar uma história improvável, mas possível. Imagine que em um filme o piloto de um avião sofre um ataque cardíaco e a aeromoça precisa guiar a aeronave. Para isso, ela liga para a polícia para pedir orientação, mas os agentes informam que só um homem consegue ensiná-la por rádio a forma correta de pousar. No entanto, esse mesmo homem é excepcional em negociações e, naquele momento, está tentando convencer um sequestrado a não explodir uma bomba em um prédio. Mesmo assim, ele consegue resolver os dois problemas.

No exemplo acima, podemos dizer que é possível um mesmo policial ser bom nessas duas coisas, mas é improvável que isso aconteça. Por isso, as pessoas tendem a se desligar da história.

E se eu precisar contar uma história improvável, mas possível?

Falando sobre o Fórmula de Lançamento, nele eu conto que é possível conquistar um ano de vendas em sete dias. No entanto, eu sei que isso é improvável. Pra não perder a audiência, segundo Aristóteles, tenho que jogar na cara da audiência que sei disso. Então, posso dizer algo como: “Eu sei que nesse momento você está pensando que é improvável conseguir isso”;

No caso da história do filme, o policial que é bom nas duas coisas poderia dizer para o chefe: “Você está brincando comigo? Eu estou na linha com um cara que pode explodir um prédio e matar várias pessoas e você me pede para também ajudar uma pessoa a pousar um avião? Não é possível que em toda a polícia de Nova York não tenha alguém que pode auxiliá-la”.

Utilizando essa dica que eu disse acima, você conseguirá que a sua audiência continue prestando atenção na sua história.

Agora que você já sabe como construir uma história interessante, aplique a minha dica e atraia a atenção da sua audiência. Continue acompanhando as sacadas que publico aqui no blog todos os dias e melhore o seu negócio. Um grande abraço!

[E-BOOK] GUIA DEFINITIVO DO MARKETING DIGITAL

Descubra aqui Como Usar a Internet para Alavancar suas Vendas ou Criar um Negócio Digital 100% do Zero

Insira seu email e receba o ebook: